Sexualidade – Sexualidade Precoce.

Sexualidade. Sexualidade Precoce.

O que é Sexualidade?

(…) “Sexualidade não se limita a órgãos genitais e ato sexual; é um movimento que permeia o desenvolvimento global do Ser. pois envolve aspectos como a construção e consolidação de vínculos, a aprendizagem de papéis sociais e de gênero, a percepção e o conhecimento do próprio corpo e de seus sentimentos, o desenvolvimento de potencialidades, o desenvolvimento e a escansão da consciência de si e do mundo ao seu redor…”( Darci Vieira da Silva Bonetto, coordenadora do Curso de Especialização em Adolescência da PUC.)

blog-sexualidade-educacao-direto-ao-ponto-adolecentes-nao-aborrecentes

 

 

A sexualidade está relacionada à vida, sensações, sentimentos e emoções relacionados ao prazer. Como envolve diversas dimensões humanas, é um tema muitas vezes difícil de ser tratado e, por isso, permeado de dúvidas, preconceitos, estereótipos e tabus.

Considerando esses fatos, a seção “Sexualidade” tem como objetivo informar questões inerentes a esse assunto, auxiliando também para que diversos delitos não sejam cometidos pela ignorância ou desinformação. Dentre eles, encontramos problemas sociais e de saúde pública, tais como intolerância e violência entre gêneros, principalmente entre aqueles que são historicamente subjugados, gravidez na adolescência, manifestação de doenças sexualmente transmissíveis e todas as suas consequências.

Vale lembrar que, principalmente no que se diz respeito à adoção de métodos contraceptivos, não há ninguém melhor do que o seu médico para fornecer as devidas orientações, uma vez que seu sucesso dependerá de como foi utilizado; e as formas de uso, eficácia e contraindicações variam para cada um deles.

Leia mais.. Por Mariana Araguaia

http://www.mundoeducacao.com.br/sexualidade/

sexualidade-na-educacao-post-ensino-fundamental2

O tema sexualidade trabalhado com os 9º Anos se justifica:

. Por ser um dos temas presentes no Programa/currículo, das séries citadas.

.Pela precocidade em que os jovens têm entrado na vida sexual.

.Pela necessidade de trabalhar as questões ligadas a Sexualidade com os alunos adolescentes.

•Pela Crescente abrangência dos discursos da mídia na sociedade, enquanto formadora da opinião dos adolescentes; e pelo uso abusivo da sensualidade e erotismo nos meios de comunicação de diferentes suportes.

•Pela linguagem persuasiva e imagens apelativas, instigando a precocidade da iniciação sexual, contribuindo com o grande número de adolescentes grávidas.

. Pelas estatísticas atuais e ainda assustadoras, em relação à gravidez na adolescência, uso de preservativos, DSTs.

gravidez-na-adolescencia-am-749

banheiro-blog-sexualidade-na-educacao-direto-ao-ponto

CONFIRA.

 

Em 2007 ocorreram 594.205 (21,3%) partos de mães com idade entre 10 e 19 anos.

2008 – 487.173 partos
2009 (até outubro) – 408.400 partos

•23,5% dos bebês nascidos são filhos de mães adolescentes;

•25% das jovens de 15 a 17 anos que largam a escola o fazem por causa da gravidez;

•72 meninas com menos de 14 anos dão a luz diariamente no país;

•5% das mortes de garotas entre 10 e 19 anos são provocados por problemas relacionados à gestação;

•Apenas 33% dos jovens entre 12 e 21 anos usam camisinha nas relações sexuais;

•Mais de 20% das garotas brasileiras entre 13 e 19 anos já enfrentaram uma gravidez;

•22% dos adolescentes iniciam suas atividades sexuais aos  15 anos. (Escolas públicas 33,1% & Escola Particular 20,28% – Andi)

•63% das alunas gestantes param de estudar. Só 40% voltam à escola depois do parto;

. 60% das meninas que engravidam no Brasil, dezoito meses depois engravidam novamente.

. A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta que uma em cada cinco meninas engravida até os 18 anos no mundo. . Anualmente, 16 milhões de adolescentes entre 15 e 19 anos, se tornam mães. . Cerca de 3 milhões de adolescentes praticam abortos inseguros todos os anos no mundo.

images

Edição do dia 09/04/2013

09/04/2013 14h39 – Atualizado em 09/04/2013 14h39

Adolescentes estão experimentando sua sexualidade cada vez mais cedo

http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2013/04/adolescentes-estao-experimentando-sua-sexualidade-cada-vez-mais-cedo.html

canstock8073604

Brasil acelera redução de gravidez na adolescência

 

http://portal.saude.gov.br/portal/aplicacoes/noticias/default.cfm?pg=dspDetalheNoticia&id_area=124&CO_NOTICIA=11137

 

 

Mesmo havendo uma queda na fecundidade em todo o Brasil, no entanto é preocupante a gravidez em adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IBGE/IPEA), a taxa de fecundidade adolescente, em 2006 cresceu em 0,14 nas classes econômicas mais baixas.

A gravidez em adolescentes e jovens, embora nem sempre desejada, pode ser uma etapa tranquila da vida. Isto, desde que a gestante seja acompanhada por uma equipe de saúde responsável pelo pré-natal. Nesta etapa da vida a mulher sofre diversas transformações hormonais, físicas e psicológicas, por isso é necessário este acolhimento diferenciado.

Em alguns casos, a gravidez pode fazer parte dos projetos de vida de adolescentes e até se revelar, nesta faixa etária, como um elemento reorganizador da vida e não desestruturador.

Leia mais..

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=33728&janela=1

blog-sexualidade-na-educacao-post

 

Revista Escola. Saiba muito mais..

Sexualidade na educação

http://www.mundoeducacao.com.br/sexualidade/

gravidez

 

OBJETIVOS  DO TRABALHO:

•Ler, analisar, interpretar e confrontar os diferentes discursos veiculados pela mídia com teor de sensualidade e erotização;

•Orientar os educandos, através de informações contextualizadas, a serem mais críticos diante dos apelos midiáticos e selecionar de forma mais criteriosa o que é verdadeiramente importante para a sua vida, para o seu crescimento.

•Incentivar a pesquisa para além da sala de aula, salientando a importância de buscar mais fontes de informação, que visem proporcionar subsídios ao trabalho do professor;

•Reconhecer o papel de mídia na educação, como ela constrói e permeia as relações entre as pessoas, contribuindo com a construção do conhecimento e da vivência humana criando e recriando significados, sem se deixar manipular pelas suas investidas cotidianas.

 

Projeto Folhas. Projeto de implementação Pedagógica, com atividades sobre o tema. PDE-

Vera Beatriz Hoff Pagnussatti.

http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/814-2.pdf

 

Artigo relacionado ao tema apresentado no Workshop- Congresso Brasileiro de Informática na Educação

http://www.br-ie.org/pub/index.php/wcbie/article/view/1933/1847

Vídeos.

Menina grávida aos 11 anos.

http://www.youtube.com/watch?v=FZg3MTvbHDU

14 anos – mãe de trigêmeos.

http://www.youtube.com/watch?v=pgtlseFDKSc

ATIVIDADES:

LER PELO MENOS DOIS DOS TEXTOS INDICADOS,  UM OBRIGATORIAMENTE. http://www.mundoeducacao.com.br/sexualidade/ DA REVISTA NOVA ESCOLA. SISTEMATIZAR ALGUNS PONTOS NO CADERNO, PARA POSTERIOR  DISCUSSÃO EM SALA DE AULA.

ASSISTIR AOS VÍDEOS  INDICADOS.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s